Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Segunda-feira, 4 de março de 2013 às 8:11

Vamos ampliar a oferta de água para toda a população do Nordeste, afirma Dilma

Café com a presidentaNo programa Café com a Presidenta desta segunda-feira (4), a presidenta Dilma Rousseff falou dos quase R$ 30 bilhões em investimento para ampliar a oferta de água para toda a população do Nordeste. Serão destinados, segundo ela, até 2014, R$ 24 bilhões para adutoras, barragens, canais, estações de tratamento e redes de abastecimento de água. Isso inclui a integração da Bacia do São Francisco, que, para Dilma, é “uma obra fantástica, que vai mudar para sempre a realidade do Nordeste”.

“A gente chama de obras estruturantes aquelas que aumentam de forma definitiva a oferta de água em vários municípios. Lá no Nordeste, a maior dessas obras é a integração da Bacia do Rio São Francisco e a minha determinação é que essa obra seja acelerada, aceleradíssima. Nós vamos entregar a obra etapa por etapa, e cada uma dessas etapas vai beneficiar cidades inteiras até que, no final de 2015, toda a obra estará pronta. Mas, além da integração da Bacia do Rio São Francisco, estamos fazendo muitas outras obras em todo o Nordeste. Para cada real que investimos na integração, nós temos mais dois reais aplicados em barragens e adutoras espalhadas pela região”, afirma.

A presidenta também falou do andamento dessas obras. Nesta segunda, Dilma visita, na Paraíba, as obras do canal das Vertentes Litorâneas, que vai levar as águas do Rio São Francisco para 38 municípios. Ela ainda citou obra do Eixão das Águas, no Ceará, que vai levar água do Castanhão, o maior açude do Brasil, para Fortaleza. A presidenta já verificou a primeira parte da Adutora do Algodão, que já está beneficiando mais de 100 mil moradores na região de Guanambi (BA) e o Sistema Piaus, no Piauí, que está quase pronto. Também estão sendo investidos mais de R$ 5 bilhões no programa Água para Todos, para levar cisternas e poços aos lugares mais distantes do semiárido.

“Desde o início do meu governo, nós já instalamos 260 mil cisternas nas casas e nos povoados do semiárido. E vamos instalar, mais 240 mil cisternas só este ano. Essas cisternas, são importantíssimas, porque elas permitem que as famílias armazenem a água da chuva ou mesmo armazenem a água recebida de carros-pipa sem ter que andar, às vezes, quilômetros e quilômetros para buscar água e carregá-la em baldes ou em latas”, detalhou Dilma, que também falou das ações emergenciais, como a maior Operação Carro-Pipa já vista, que contou com 4.624 veículos distribuindo água, com a ajuda do Exército, em 750 municípios.

Confira a íntegra

[podcast]http://blog.planalto.gov.br/wp-content/uploads/2013/03/04-03-13-PGM-109-Cafe-com-a-Presidenta-DILMA-ALTA.mp3[/podcast]

Blogue sobre isso

Achou este artigo interessante?

1) Acesse o seu blog e crie num novo post:

(se você não tem um blog, pode criar o seu, utilizando um destes serviços)

2) Use a URL abaixo para pingback/trackback:

3) Rascunhe aqui seu post.

(depois basta copiar e colar no seu blog)

Respostas em blog

Não existem respostas em blog deste artigo. Quer ser o primeiro a blogar este artigo?

Tweets

Portal da Copa

Portal da Copa

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-