Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Terça-feira, 2 de outubro de 2012 às 10:57

Ritmo de crescimento da economia brasileira começou a acelerar, afirma Dilma

Conversa com a Presidenta

A presidenta Dilma Rousseff afirmou hoje (2), na coluna semanal Conversa com a Presidenta, que o ritmo de crescimento da economia brasileira começou a acelerar graças às medidas de estímulo ao setor produtivo. Em resposta ao contador André Falcão Ferreira, morador de Teresina (PI), a presidenta disse que o governo tem adotado medidas que não são apenas para estimular o consumo, mas, principalmente, o investimento.

“O ritmo de crescimento da economia brasileira começou a acelerar, e continuamos gerando emprego – foram 2,2 milhões no ano passado e mais 1,38 milhão até agosto de 2012. Isto é resultado das medidas adotadas para assegurar crescimento sólido e sustentável, grande parte delas no âmbito do Plano Brasil Maior (…) Já temos a taxa básica de juros mais baixa da história (7,5%). Em setembro, desoneramos a folha de pagamento de mais 25 setores (…) São exemplos de medidas que ampliam nosso mercado interno e estimulam o investimento privado e do Estado”, afirmou.

Na coluna, Dilma afirmou que o governo quer chegar a 60 mil escolas públicas com ensino em tempo integral até 2014, como parte do programa de Ensino Integral Mais Educação. Ao responder ao sociólogo Juliano Santos, de Guarulhos (SP), ela esclareceu que o Brasil já conta atualmente com 32 mil escolas com este tipo de ensino.

“Muitas vezes, há atividades fora da sala de aula – jogar xadrez, por exemplo, exercita o raciocínio lógico e ajuda no aprendizado da matemática; a música e o esporte ajudam na concentração e na disciplina. Mas a principal atividade é mesmo o reforço das matérias curriculares. Além disso, os alunos têm na escola café da manhã, almoço e lanche da tarde”, destacou.

O estudante Giordano Bispo, de Itabaiana (SE), perguntou à presidenta sobre o andamento das obras de transposição que fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Dilma respondeu que o Projeto de Integração do Rio São Francisco está em obras em nove dos 16 lotes, empregando mais de 4 mil trabalhadores, número que deve subir para 6 mil em breve.

“O Projeto de Integração do Rio São Francisco é uma obra estratégica do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que levará água para 12 milhões de pessoas em 390 municípios de quatro estados do Nordeste. É hoje a maior obra de infraestrutura hídrica para usos múltiplos executada diretamente pelo governo federal”, disse.


Posts Relacionados

Blogue sobre isso

Achou este artigo interessante?

1) Acesse o seu blog e crie num novo post:

(se você não tem um blog, pode criar o seu, utilizando um destes serviços)

2) Use a URL abaixo para pingback/trackback:

3) Rascunhe aqui seu post.

(depois basta copiar e colar no seu blog)

Respostas em blog

Não existem respostas em blog deste artigo. Quer ser o primeiro a blogar este artigo?

Tweets

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-