Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 às 16:22

Reforço para encarar novas regras da língua portuguesa: 10 milhões de dicionários

Escolas públicas receberão, em 2012, 10 milhões de dicionários atualizados segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Foto: Arquivo MEC

Os alunos da educação básica das escolas públicas brasileiras receberão um reforço e tanto em 2012 para encararem as novas regras estabelecidas pelo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa: 10 milhões de dicionários de português já devidamente atualizados. Os livros foram comprados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), uma autarquia do Ministério da Educação (MEC), e serão distribuídos em todo o País. Cada sala de aula receberá um kit com cerca de 10 dicionários cada. O novo acordo ortográfico entrou em vigor em 2009 e o prazo de adaptação acaba justamente em 2012, segundo decreto assinado há dois anos pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O diretor de Ações Educacionais do FNDE, Rafael Torino, explica que apesar de os dicionários serem entregues em 2012, os alunos da educação básica já estão em contato com o Novo Acordo Ortográfico, porque todas as escolas receberam um exemplar contendo uma lista com todos os verbetes. Além disso, explica o diretor, as livros didáticos e de literatura estão sendo substituídos gradualmente desde 2010.

Até 2012, data em que o Acordo entra em vigor, todo o material didático dos alunos dos ensinos fundamental e médio estará atualizado: livros didáticos, dicionários e literatura estarão em conformidade com o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Esse processo já se iniciou em 2010.

O custo previsto no edital para adquirir os dicionários, publicado no Diário Oficial na União na última sexta-feira (7/1), é de R$ 100 milhões. Serão comprados dicionários de quatro tipos, com especifidades diferentes de acordo com a série dos estudantes: do 1° ano do ensino fundamental, do 2° ao 5 ano, do 6° ao 9° ano e das três séries do ensino médio. Os dicionários destinados às turmas do 1º ano do fundamental, que recebe crianças a partir de seis anos para alfabetização, serão mais simples, com menos verbetes e letras maiores.

A última vez que o FNDE distribuiu esse material foi em 2006, antes das mudanças ortográficas. As editoras terão 90 dias para inscrever as obras e os materiais serão distribuídos no início de 2012 para serem utilizados no próximo ano letivo.


Posts Relacionados

Blogue sobre isso

Achou este artigo interessante?

1) Acesse o seu blog e crie num novo post:

(se você não tem um blog, pode criar o seu, utilizando um destes serviços)

2) Use a URL abaixo para pingback/trackback:

3) Rascunhe aqui seu post.

(depois basta copiar e colar no seu blog)

Respostas em blog

Não existem respostas em blog deste artigo. Quer ser o primeiro a blogar este artigo?

Tweets

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-