Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Quinta-feira, 4 de setembro de 2014 às 19:17

Produção de novos equipamentos militares agregam valor e tecnologia à indústria nacional

Modernização da Defesa

O Brasil está se preparando para desafios nesse novo século em que desponta como uma potência. Os projetos inseridos no Plano de Articulação e Equipamento de Defesa (PAED) geram benefícios muito além dos campos militar e político, com repercussões no desenvolvimento socioeconômico, científico e tecnológico da sociedade.

As demandas atuais criam especializações e empregos e agregam valor aos bens de fornecedores, aumentando a renda dos trabalhadores. Oitavo maior exportador mundial de produtos de defesa nos anos 1980, o Brasil tem potencial para voltar a ocupar lugar de destaque nesse mercado internacional – que movimenta, por ano, cerca de US$ 1,5 trilhão.

O Coronel Gilberto Breviliere, comandante militar do Planalto, destaca que os projetos incrementam a indústria nacional em vários setores, como química, georreferenciamento, propulsão. Ele cita algumas novidades do Exército como o Astros 2020, um equipamento de defesa antiaérea, e a estratégia de defesa cibernética, meio cada vez mais usado em guerras, como indutores de transformação das Forças Armadas brasileiras.

“A indução dos projetos visa capacitar as Forças Armadas a enfrentar os desafios do futuro, que é a era do conhecimento. Nós precisamos evoluir, precisamos tornar a FA em condições de defender um país que já está na era do conhecimento”, considera Breviliere.

Sisfron
Um dos destaques entre os planos do Exército é o Sistema de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron) com o objetivo de fortalecer a presença e a capacidade de ação do Estado na faixa de fronteira, uma área de 16.886 quilômetros de extensão. Trata-se de um conjunto integrado de recursos tecnológicos, tais como sistemas de vigilância e monitoramento, tecnologia da informação, guerra eletrônica e inteligência que, aliados a obras de infraestrutura, reduzirão vulnerabilidades na região fronteiriça.

“Este projeto age de forma a incrementar através da tecnologia e sobretudo da interoperabilidade entre as forças de defesa e os órgãos de segurança pública, a defesa e a vigilância das fronteiras terrestres, que necessita de alta tecnologia, além da capacitação profissional de seus talentos humanos para enfrentar, por exemplo, os ilícitos transnacionais”, explica Breviliere.

O projeto básico do Sisfron foi elaborado em 2010 e 2011. O período de implementação do sistema é de dez anos. A previsão de investimento é de R$ 12 bilhões.

Guarani
A família de blindados Guarani substituirá os veículos Urutu e Cascavel, em uso há mais de 30 anos. Ele pode transportar 11 militares e será empregado principalmente para defesa de infraestruturas estratégicas do País. Além de ser robusto e com baixo custo de manutenção, ele é um veículo anfíbio, que consegue atravessar rios e suportar minas terrestres. O exército deve incorporar mais de duas mil unidades nos próximos 20 anos. Devem ser investidos R$ 6 bilhões no projeto.

“É um projeto que desenvolve tecnologia nacional com incremento da indústria nacional gerando empregos diretos e indiretos além da tecnologia. O projeto desenvolve também a indústria nacional através do chamamento de profissionais na área de blindagem de materiais e de mecânica, e isto, para nós, também incrementa no País a nossa pauta de exportação”, analisa o Coronel.

Sisfron_Guarani_Astros2020_Supertucano

Imprima:Imprimir

Posts Relacionados

Blogue sobre isso

Achou este artigo interessante?

1) Acesse o seu blog e crie num novo post:

(se você não tem um blog, pode criar o seu, utilizando um destes serviços)

2) Use a URL abaixo para pingback/trackback:

3) Rascunhe aqui seu post.

(depois basta copiar e colar no seu blog)

Respostas em blog

Não existem respostas em blog deste artigo. Quer ser o primeiro a blogar este artigo?

Tweets

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-