Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Terça-feira, 16 de dezembro de 2014 às 18:00

Moradias do Minha Casa, Minha Vida são aprovadas por famílias beneficiadas, revela Ipea

Numa escala de zero a dez, os imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) receberam nota nacional média de 8,77 dos beneficiários do programa, segundo a Pesquisa de Satisfação dos Beneficiários do MCMV elaborada pelo Ipea em parceria com a Secretaria Nacional de Habitação, e apresentada na sexta-feira (12) pelo Ministério das Cidades.

Os moradores de residenciais do MCMV afirmaram que houve aumento de bem-estar em suas vidas e que não têm intenção de mudar de suas novas casas. Fotos: divulgação/PAC

Os moradores de residenciais do MCMV afirmaram que houve aumento de bem-estar em suas vidas e que não têm intenção de mudar de suas novas casas. Fotos: divulgação/PAC.

Os moradores de residenciais do Minha Casa, Minha Vida também revelaram na pesquisa não terem intenção de mudar de suas novas casas e afirmarem o aumento de bem-estar em suas vidas. Aprovaram ainda o entorno dos empreendimentos (vizinhança, região, infraestrutura) e a inserção urbana (transporte e equipamentos públicos disponíveis). A redução de gastos com aluguel ou prestação também foi avaliada positivamente.

Foram entrevistados apenas beneficiários da primeira fase do programa, que durou de 2009 a 2011, em residenciais com unidades entregues até dezembro de 2012. No total, foram entrevistadas 7.252 famílias de 254 residenciais em 184 municípios de 23 estados. O objetivo do estudo é aperfeiçoar o programa conforme avaliação das famílias beneficiadas.

“O ganho é muito maior do que a habitação. Estamos mudando a vida dessas pessoas porque elas deixam de pagar o aluguel e usam o dinheiro que sobrou em benefício da própria família”, disse o ministro das Cidades, Gilberto Occhi, durante o lançamento do estudo.

O estudo indica que os moradores destinam, em média, 5% da renda familiar ao pagamento da parcela do imóvel. Entre os entrevistados. De acordo com a pesquisa, a renda familiar média dos entrevistados é de R$ 907,57; as mulheres são chefes de família em 77% destes lares e 29% viviam em áreas de risco antes de ir para um empreendimento do MCMV.

Até o final de 2014, o programa Minha Casa, Minha Vida deverá atingir a meta de 3,75 milhões de contratações em todo o Brasil, com 1,9 milhão de moradias entregues. De acordo o 11º balanço do PAC, o MCMV já concluiu empreendimentos no valor de R$ 449,7 bilhões beneficiando mais de sete milhões de pessoas, quase três vezes a população de Belo Horizonte (MG).

Resultados da política de habitação
Estudo divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em outubro, a pedido de entidades da construção civil, identificou que, em cinco anos de operação, o MCMV reduziu em mais de 8% o déficit habitacional no País. Este resultado proporcionou também benefícios sociais como saneamento, educação e cidadania.

Além disso, o programa teve efeito multiplicativo sobre a economia brasileira, gerando renda, emprego e tributos. Os investimentos concluídos abriram, diretamente, um total de 1,2 milhão de novos postos de trabalho, uma média de 244 mil por ano; geraram R$ 17,8 bilhões em tributos arrecadados diretamente da construção e outros R$ 15,7 bilhões da produção das demais atividades econômicas; e estima-se que retornaram aos cofres públicos, na forma de tributos, 49% do total dos subsídios desembolsados no MCMV.

Fonte: PAC.

Imprima:Imprimir

Posts Relacionados

Blogue sobre isso

Achou este artigo interessante?

1) Acesse o seu blog e crie num novo post:

(se você não tem um blog, pode criar o seu, utilizando um destes serviços)

2) Use a URL abaixo para pingback/trackback:

3) Rascunhe aqui seu post.

(depois basta copiar e colar no seu blog)

Respostas em blog

Não existem respostas em blog deste artigo. Quer ser o primeiro a blogar este artigo?

Tweets

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-