Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 às 17:17

Governo divulga prevenção à aids nos aplicativos de relacionamento Tinder e Hornet

 Com informações do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde anunciou, nesta segunda-feira (9), ação de prevenção à aids nos aplicativos de celular Tinder e o Hornet. O objetivo é chamar a atenção dos jovens ao uso do preservativo e a escolha dos aplicativos, que promovem encontro de pessoas a partir de localização geográfica e de interesse, levou em conta a ampla repercussão nesse público. Tanto o Tinder quanto o Hornet possuem milhares de usuários no Brasil, sendo que o segundo é voltado para o público gay masculino.

Um dos perfis criados no Tinder para a ação de enfrentamento à aids em novas mídias. Imagem: divulgação/Ministério da Saúde.

Um dos perfis criados no Tinder para a ação de enfrentamento à aids em novas mídias. Imagem: divulgação/Ministério da Saúde.

Para dialogar com o maior número de pessoas foram criados cinco perfis de personagens (três homens e duas mulheres) que se identificavam como pessoas à procura de sexo sem camisinha. O intuito da ação foi chegar às pessoas que aceitam uma relação sexual sem uso do preservativo. Ao interagir com esses personagens, as pessoas receberam, imediatamente, uma mensagem direta sobre a importância da prevenção e sexo seguro. Dessa forma, o Ministério da Saúde atinge o público utilizando novas mídias, masi afeitas ao público-alvo. Além disso, a ação preserva a identidade dos participantes, não havendo nenhum tipo de perfil público ou informação compartilhável fora do ambiente do aplicativo.

A ação contou com um projeto piloto nos dias 23 e 24 de janeiro em Brasília, sendo estendida para o Rio de Janeiro (30 e 31 de janeiro) e Salvador (31 de janeiro e 01 de fevereiro). Nessas ações, foram realizadas mais de duas mil interações com o público. Os locais visitados foram bares, boates LGBT e shows.

A ação foi anunciada durante a divulgação da Campanha de Prevenção às DST e Aids do Carnaval 2015, no Rio de Janeiro. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, ressaltou a importância não apenas do uso da camisinha, mas também da realização do teste e tratamento oportuno, no caso do diagnóstico positivo. “A campanha de Carnaval deste ano, que também será estendida a outras festas populares, inovou ao focar na prevenção combinada: camisinha, testagem e tratamento”, ressaltou o ministro.

Por outro lado, Chioro lembrou que a prevenção deve ser adotada por toda a população brasileira. “Hoje não podemos falar de grupo de risco. Todas as pessoas com vida sexual ativa são vulneráveis. Dai a importância de usar a camisinha e se testar”, destacou o ministro.

#PartiuTeste
Na última sexta-feira (6), a Pasta anunciou um novo diagnóstico para a aids. O teste oral para aids com resultado em até 30 minutos, que estará disponível para usuários do SUS no decorrer deste ano.

Imprima:Imprimir

Posts Relacionados

Blogue sobre isso

Achou este artigo interessante?

1) Acesse o seu blog e crie num novo post:

(se você não tem um blog, pode criar o seu, utilizando um destes serviços)

2) Use a URL abaixo para pingback/trackback:

3) Rascunhe aqui seu post.

(depois basta copiar e colar no seu blog)

Respostas em blog

Não existem respostas em blog deste artigo. Quer ser o primeiro a blogar este artigo?

Tweets

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-