Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 às 14:59

Crise dos refugiados exige soluções coletivas e Bulgária é importante nessa questão, afirma Dilma

Dilma e Rosen olham cenário mundial

Dilma: Brasil e Bulgária concordam que crise dos refugiados exige soluções coletivas da comunidade internacional. “Convergimos, também, sobre necessidade de encontrar solução política e abrangente para conflito na Síria”. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff destacou, nesta segunda-feira (1), após reunião com o presidente da Bulgária, Rosen Plevneliev, que os dois países concordam que a crise dos refugiados, que envolve a Europa, o Norte da África, a Ásia Central e o Oriente Médio, exige soluções coletivas por parte da comunidade internacional.

Dilma ressaltou que a Bulgária é um ator fundamental, por sua situação geográfica, na resolução desse tema que afeta a todos os países, direta ou indiretamente. Lembrou ainda que o país é reconhecido “por sua posição equilibrada nesta matéria”.

“Convergimos, também, sobre a necessidade de que se encontre solução política e abrangente para o conflito na Síria, que se sentem nas mesas para negociação. À luz do quadro de insegurança internacional, retomamos nossa conversa a respeito do imperativo de reformar o Conselho de Segurança da ONU, a fim de que suas ações sejam mais eficazes e mais representativas”, enfatizou.

Dilma Rousseff acrescentou estar certa de que a visita do presidente Pleneliev trará avanços concretos nas relações bilaterais. A presidenta fez questão de lembrar que a visita do governante europeu tem um significado especial para ela. “Como todos sabem, tenho uma parte búlgara, a metade”, disse.

A presidenta aproveitou a ocasião para convidar Rosen Plevneliev e sua delegação, os atletas e o povo búlgaro a visitar o Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, em agosto deste ano.

Imprima:Imprimir

Posts Relacionados

Blogue sobre isso

Achou este artigo interessante?

1) Acesse o seu blog e crie num novo post:

(se você não tem um blog, pode criar o seu, utilizando um destes serviços)

2) Use a URL abaixo para pingback/trackback:

3) Rascunhe aqui seu post.

(depois basta copiar e colar no seu blog)

Respostas em blog

Não existem respostas em blog deste artigo. Quer ser o primeiro a blogar este artigo?

Tweets

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-