Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Domingo, 17 de maio de 2015 às 10:00

Semana em Imagens: Minha Casa, Minha Vida, metrô do RJ e vice-presidenta do Vietnã


Sábado, 16 de maio de 2015 às 10:00

Semana do Planalto: Minha Casa Minha Vida, Comitê Olímpico e Porto de Suape

Terça-feira, 12 de maio de 2015 às 12:38

Construir casas é construir vidas e governo está fazendo sua parte ao viabilizar 3 milhões de moradias

12052015-_R0V1101-Editar

“Construir casas é construir vidas”, afirmou a presidenta ao entregar moradias na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

A presidenta Dilma Rousseff parabenizou os novos proprietários das 1.484 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida no Rio de Janeiro e destacou que o governo está fazendo a sua parte para que esse sonho aconteça. Mais de 2,182 milhões de residências já estão prontas. Além disso, segundo a presidenta, já estão contratadas e em construção 1,67 milhão de unidades e a meta é superar os três milhões. “O que queremos é que mais pessoas tenham acesso à casa própria”, garantiu.

Segundo a presidenta, a meta do seu governo é que até 2018 sejam 27 milhões de brasileiros sejam beneficiados pelo Minha Casa, Minha Vida. “Quando acabar meu governo, em 2018, nosso objetivo é que em torno de 27 milhões de brasileiros, brasileiras, brasileirinhos e brasileirinhas, tenham tido acesso ao Minha Casa, Minha Vida. Não se trata de construção de casas. Trata-se de construção de vidas. Por isso se chama Minha Casa, Minha Vida”, reiterou.

Dilma lembrou que o governo deu passos ousados no sentido de olhar para a questão da casa própria. E disse que continuará atenta para garantir o acesso da população à moradia no País, à casa própria, mesmo fazendo os ajustes econômicos necessários para que o País possa crescer mais rapidamente e gerar mais empregos.

“Nós iremos não somente manter o Minha Casa, Minha Vida nessa terceira fase, mas vamos fazer mais. Vamos melhorar o programa ainda mais”, enfatizou. “Vamos fazer modificações sempre para melhor. São melhorias no tamanho dos quartos, melhoria na área de serviço, na construção de áreas sociais. Enfim, uma sorte de questões que a gente escuta de muitas sugestões”, afirmou.

Confira a íntegra

Terça-feira, 12 de maio de 2015 às 10:00

Tempo real: Presidenta Dilma entrega 1.484 moradias no Rio de Janeiro

11h40 – Está encerrada a cerimônia. Confira daqui a pouco a cobertura completa no Blog do Planalto.

11h36 – Dilma afirma que até o final de 2018 pretende que mais de 27 milhões de brasileiros tenham sido beneficiados pelo MCMV.

11h20 – “Aqui não tem só concreto armado, tijolo, azulejo, estruturas feitas de alumínio. Aqui eu acho que estão sendo construídas vidas, sonhos, relações afetivas, convívio, esperança e futuro”, afirma a presidenta Dilma na entrega das casas do Residencial Paçuaré I.

11h16 – Presidenta Dilma inicia seu discurso. Confira o minuto a minuto no Twitter do Blog do Planalto.

10h58 – O ministro das Cidades, Gilberto Kassab afirma que mais de 2,2 milhões de famílias já concretizaram o sonho da casa própria por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida e passaram a morar com dignidade.

10h26 – Presidenta Dilma já está no local e neste momento visita uma das unidades do Residencial Paçuaré I.

10h15 – O casal de aposentados Maria Lima de Oliveira, 65 anos, e Wanderley Vasconcelos, 64 anos, sempre viveram no aluguel. Até pouco tempo, gastavam R$ 500 em um quarto e sala no bairro do Santíssimo. “A gente morou de aluguel a vida inteira. Até que chegou o dia da gente morar no que é da gente. Esperamos muito tempo. Mas agora conseguimos. A gente vai ter uma vida melhor aqui,” garante Dona Maria.

IMG_8682

O casal Maria e Wanderley aguarda com ansiedade a mudança para a casa própria. “Aqui a gente vai poder até cuidar melhor da saúde. Tem aparelhos para a gente fazer ginástica, no quintal de casa! Aqui é tudo muito caprichado”. Foto: Ana Carolina Melo/Blog do Planalto.

 

10h05 – Uma das beneficiárias é Gabriela Matos Vale, de 28 anos. Ela trabalha como operadora de Caixa no comércio do RJ e hoje recebe as chaves do apartamento, acompanhada pelo filho Kayky, de 5 anos. Antes, Gabriela e o marido, Celso, pagavam aluguel de R$ 400 por um apartamento de um quarto, ganhando apenas um salário mínimo. O marido estava desempregado e só agora conseguiu um emprego como segurança. Gabriela aprovou a nova moradia. “O apartamento é muito bonitinho. Tudo bem feito. Isso aqui é a realização de um sonho! O Kayky agora vai poder ter o quartinho dele, o espaço dele”, comemora.

IMG_8681

“Estou muito feliz. Agora, sem pagar aluguel a vida vai melhorar, com certeza. Como a gente vai pagar só a parcela de R$ 25, agora vai passar a sobrar dinheiro, e não faltar, como acontecia antes”, diz Gabriela, ao lado do pequeno Kayky. Foto: Ana Carolina Melo/Blog do Planalto.

 

10h – Em instantes, a presidenta Dilma estará no bairro Cosmos, na capital fluminense, para cerimônia de entrega de 1.484 moradias construídas pelo programa Minha Casa Minha Vida. Os residenciais Recanto do Paçuaré I e II e Vivenda das Gaivotas vão beneficiar cerca de 1,4 mil famílias com renda até R$1,6 mil.

Terça-feira, 12 de maio de 2015 às 9:47

Minha Casa Minha Vida beneficia mais de seis mil pessoas na Zona Oeste do Rio de Janeiro

Nesta terça-feira (12), a presidenta Dilma Rousseff entrega 1.484 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida no Rio de Janeiro. Ao todo, as moradias dos residenciais Recanto do Paçuaré I e II e Vivenda das Gaivotas vão beneficiar mais de seis mil pessoas na zona oeste da capital fluminense. Para a construção dos três empreendimentos – destinados a famílias com renda de até R$ 1,6 mil mensais – o governo federal investiu mais de R$ 87,5 milhões.

No residencial Recanto do Paçuaré I, os moradores terão acesso a quadra esportiva, playgrounds e trilha ecológica. Foto: Divulgação/Caixa.

No residencial Recanto do Paçuaré I, os moradores terão acesso a quadra esportiva, playgrounds e trilha ecológica. Foto: Divulgação/Caixa.

Localizado no bairro do Cosmos, a cerca de uma hora do centro do Rio, os residenciais Recanto do Paçuaré I e II são formados por 999 apartamentos de aproximadamente 48m² com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço com piso cerâmico em todos os ambientes.

No local, os moradores vão contar com um centro comunitário, quadra esportiva, playgrounds, duas quadras gramadas, churrasqueiras e trilha ecológica. Além disso, os empreendimentos dispõem de toda a infraestrutura necessária para garantir qualidade de vida à comunidade com acesso a doze escolas públicas, hospital, posto de saúde e pronto-socorro.

Estrutura semelhante também vão ter os moradores do Residencial Vivenda das Gaivotas, condomínio formado por 485 apartamentos de 45 m² cada. O residencial dispõe de centro comunitário, praça, parques infantis, ciclovias, churrasqueiras, salão de festas e quadra de esportes. Já no entorno, os moradores terão acesso a oito escolas, dez creches e seis hospitais a uma de distância de aproximadamente 2 km. Todas as unidades contam ainda com redes de água e esgoto, drenagem, energia elétrica, iluminação e transporte público.

Números
Segundo dados do Ministério da Cidades, o programa Minha Casa Minha Vida contabiliza atualmente mais de 3,76 milhões de unidades contratadas em mais de 5,3 mil municípios de todo o País, índice que representa mais de 95% dos municípios brasileiros. Desde 2009, quando foi criado, o programa entregou mais de 2,1 milhões de moradias em todo o Brasil com investimentos superiores a R$ 244 bilhões.


Terça-feira, 12 de maio de 2015 às 8:00

Minha Casa Minha Vida, Linha 4 do metrô carioca e Comitê Organizador Rio 2016

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff cumpre extensa agenda no Rio de Janeiro nesta terça-feira (12).

Às 11h, ela estará na entrega de 1.484 unidades habitacionais dos Residenciais Recanto do Paçuaré I e II e Vivenda das Gaivotas, construídas por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Após a cerimônia, a partir das 13h, está programada uma visita da presidenta à travessia do túnel de conexão entre São Conrado e a Barra, obra da Linha 4 do Metrô carioca.

Às 16h, Dilma participa de reunião com o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

*Agenda sujeita a alterações ao longo do dia. Para atualizações, acesse o Portal Planalto.

 

 

Segunda-feira, 11 de maio de 2015 às 8:00

Reunião de coordenação política, ministro do Planejamento e Minha Casa Minha Vida

Agenda presidencialNesta segunda-feira (11), a presidenta Dilma Rousseff participa de reunião de coordenação política, às 9h, no Palácio do Planalto.

No início da tarde, ela viaja para Minas Gerais para entregar 668 unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida no município de Frutal, no Triângulo Mineiro. A cerimônia está prevista para as 15h.

Já de volta a Brasília, a presidenta recebe o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, às 18h.

*Agenda sujeita a alterações ao longo do dia. Para atualizações, acesse o Portal Planalto.

Quinta-feira, 23 de abril de 2015 às 20:34

Presidenta Dilma vai visitar área atingida por tornado em Santa Catarina

A presidenta Dilma Rousseff deve visitar as cidades catarinenses de Ponte Serrada e Xanxerê, atingidas por um tornado na última segunda-feira (20). A informação foi dada pelo ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, após reunião com a presidenta nesta quinta-feira (23), no Palácio do Planalto.

“A presidenta está agendado uma ida. Nós estamos avaliando qual será a melhor data e ela já disse que irá, só não marcou o dia ainda. Estamos construindo essa agenda e esperamos que até amanhã nós tenhamos os primeiros levantamentos para a presidenta”, disse o ministro.

O tornado na região deixou mais de mil desabrigados, por isso o ministro levantou a possibilidade de recuperar ou reconstruir as moradias atingidas por meio do programa Minha Casa Minha Vida.

“Está sendo feito um levantamento de todas as moradias e imóveis comerciais atingidos para que haja um levantamento da necessidade de recuperação desses imóveis ou reconstrução das moradias por meio do Minha Casa Minha Vida. Estamos aguardando o material para que o Ministério da Integração possa reconhecer os danos, avaliar os valores que serão investidos para que a gente possa fazer o apoio do governo federal, junto com o governo do estado”, disse Occhi.

Segundo o ministro, todas as famílias atingidas já foram socorridas pelo governo de Santa Catarina e receberam do exército kits humanitários com cesta básica, agua potável, produtos de limpeza e higiene, colchões, lençóis e travesseiros.

Domingo, 12 de abril de 2015 às 10:00

Semana do Planalto: Novo ministro da Educação, Minha Casa, Minha Vida e Cúpula das Américas

Quinta-feira, 9 de abril de 2015 às 11:40

Dilma: MCMV terá continuidade e entregará mais de 1,6 milhão de moradias só neste ano

"Nós iremos fazer, até 2018, mais 3 milhões de moradias", afirmou Dilma sobre terceira fase do Programa Minha Casa, Minha Vida. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

“Nós iremos fazer, até 2018, mais 3 milhões de moradias”, afirmou Dilma sobre terceira fase do Programa Minha Casa, Minha Vida. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff anunciou, nesta quinta-feira (9), que o governo entregará, ao longo deste ano, mais 1 milhão e 600 mil moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV).  “Esse programa vai continuar. Aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de participar do programa vão ter. Porque, nós iremos fazer, até 2018, portanto nos próximos 4 anos, mais 3 milhões de moradias”, acrescentou.

As afirmações foram feitas durante a entrega de 500 unidades habitacionais do programa no Residencial Volterra, construído em Duque de Caxias (RJ), quando ela lembrou que o governo federal já prepara a terceira fase do MCMV.

Somente no município de Duque de Caxias, continuou a presidenta, serão entregues ainda 6.500 unidade habitacionais. Ao todo, cerca de 10 mil famílias serão contempladas nesta fase do programa. No Brasil, o governo federal já entregou 2 milhões e 132 mil moradias.

Olhar especial sobre a Baixada
Em seu discurso, a presidenta destacou que o governo federal tem uma preocupação especial com a Baixada Fluminense e tem executado diversas ações para o desenvolvimento dessa área.

“Eu sei que essa é uma região muito importante do estado do Rio. Essa região congrega milhões e milhões de brasileiros, cariocas, fluminenses. E ela tem um grande desafio colocado para mim, para o Pezão e para o Alexandre, que é melhorar a qualidade de vida daqueles que habitam a grande Região Metropolitana do Rio do Janeiro”, destacou a presidenta.

Neste sentido, Dilma lembrou a importância da inauguração do Arco Rodoviário, em julho de 2014, que, além do acesso mais fácil, possibilita o desenvolvimento econômico da região metropolitana, com geração de emprego e renda e melhoria da qualidade de vida da população.

O Arco Metropolitano do Rio de Janeiro tem extensão aproximada de 73 km e liga as cidades de Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Japeri, Seropédica e Itaguaí.

Confira a íntegra

Tweets

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-