Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Quinta-feira, 24 de julho de 2014 às 15:39

Governo brasileiro condena escalada de violência entre Israel e Palestina

O Itamaraty divulgou nota nessa quarta-feira (23) na qual repudia a escalada de violência entre Israel e Palestina. Leia na íntegra:

“O Governo brasileiro considera inaceitável a escalada da violência entre Israel e Palestina. Condenamos energicamente o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza, do qual resultou elevado número de vítimas civis, incluindo mulheres e crianças. O Governo brasileiro reitera seu chamado a um imediato cessar-fogo entre as partes.

Diante da gravidade da situação, o Governo brasileiro votou favoravelmente a resolução do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas sobre o tema, nessa quarta-feira (23).

Além disso, o Embaixador do Brasil em Tel Aviv foi chamado a Brasília para consultas.”

Quinta-feira, 1 de julho de 2010 às 14:00

“A Síria é um país importante em qualquer discussão sobre a paz no Oriente Médio”

Quarta-feira, 30 de junho de 2010 às 15:01

Brasil quer Síria como parceira comercial e na busca pela paz no Oriente Médio

A primeira visita de um chefe de Estado da Síria ao Brasil reforça a parceria entre os dois países tanto no campo comercial como também diplomático, principalmente nas negociações de paz no Oriente Médio, afirmou o presidente Lula em seu discurso realizado nesta quarta-feira (30/6) durante encontro com o presidente sírio Bashar Al-Assad no Palácio Itamaraty. A vinda de Al-Saad ao Brasil “é uma viagem de descoberta e reencontro”, disse Lula, lembrando que a Síria contribuiu muito para a formação da nação brasileira.

Sua presença aqui é oportunidade para selarmos parceria lançada quando estive em Damasco em 2003. Nesses sete anos, nossas relações ganharam novas dimensões e possibilidades. A capacidade de transpor barreiras e compartilhar experiências é o impulso maior de nosso relacionamento. Os acordos que assinamos hoje dão sentido prático a esse compromisso. Temos uma aliança assentada em números sólidos. O comércio quadruplicou e hoje alcança 300 milhões de dólares.

A criação do Conselho Empresarial Brasil-Síria abre oportunidades para multiplicar o comércio e estimular os investimentos. Essa tendência é de crescimento com um sistema multilateral de comércio mais representativo dos anseios do mundo em desenvolvimento. Por isso, defendemos o fim dos entraves que impedem o avanço do processo de acessão da Síria à OMC.

Ouça aqui a íntegra do discurso:
[podcast]http://blog.planalto.gov.br/wp-content/uploads/2010/06/pr1922-2@.mp3[/podcast]

Leia o artigo completo »

Terça-feira, 1 de junho de 2010 às 12:49

Conflito se resolve com diálogo, não com armas e tiros

O que o mundo precisa hoje é de mais diálogo, comida e emprego, não de violência como a promovida por soldados israelenses ontem contra ativistas que pretendiam entregar ajuda humanitária à população da Faixa de Gaza, afirmou o presidente Lula nesta terça-feira (1º/6) em visita à fábrica da Volkswagen em São Bernardo do Campo (SP), reforçando as críticas do governo brasileiro ao incidente. “Israel não tinha direito de fazer o que fez. Não é o uso de armas que vai garantir a paz”, disse Lula, em entrevista coletiva à imprensa após o evento.

O diálogo é a melhor forma de resolver os conflitos, não atirando como Israel atirou ontem num barco turco que ia levar comida para a Faixa de Gaza, um barco que estava em águas internacionais. (…) Em vez de armas, em vez de balas, mais comida e mais diálogo. Mais emprego e mais salário, para que a gente possa resolver todas as crises do mundo.

Ontem o Ministério das Relações Exteriores (MRE) divulgou nota condenando o ataque israelense à frota de ativistas pró-Gaza e defendendo uma convocação extraordinária do Conselho de Segurança da ONU – ver aqui.

Ouça aqui a íntegra do discurso do presidente na visita à fábrica da Volkswagen:
[podcast]http://blog.planalto.gov.br/wp-content/uploads/2010/06/pr1857-2@.mp3[/podcast]

Para ler a transcrição do discurso, clique aqui.

Leia o artigo completo »

Segunda-feira, 31 de maio de 2010 às 15:07

Brasil condena ataque israelense a ativistas pró-Gaza e defende convocação do Conselho de Segurança da ONU

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) divulgou nota nesta segunda-feira (31/5) condenando o ataque israelense a um dos barcos da flotilha que levava ajuda humanitária internacional à Gaza, que acabou resultando na morte de mais de uma dezena de pessoas – muitos outros ficaram feridos. Informa ainda que a representante brasileira na ONU foi instruída a apoiar a convocação de reunião extraordinária do Conselho de Segurança da ONU para discutir a operação militar israelense. O Brasil, segundo a nota, defende que a ação seja “objeto de investigação independente, que esclareça plenamente os fatos à luz do Direito Humanitário e do Direito Internacional como um todo”.

O embaixador de Israel no Brasil foi chamado ao Itamaraty para “que seja manifestada a indignação do governo brasileiro com o incidente e a preocupação do País com a situação da cidadã brasileira Iara Lee, que está numa das embarcações da flotilha.

Os trágicos resultados da operação militar israelense denotam, uma vez mais, a necessidade de que seja levantado, imediatamente, o bloqueio imposto à Faixa de Gaza, com vistas a garantir a liberdade de locomoção de seus habitantes e o livre acesso de alimentos, remédios e bens de consumo àquela região.

Para ler a nota na íntegra, clique aqui.

Sábado, 1 de maio de 2010 às 13:17

“Meu coração pensa o povo brasileiro”

Comemorando as previsões de que o Brasil chegará este ano à marca de 14,5 milhões de novos postos de trabalho criados em sua gestão, o presidente Lula afirmou neste sábado (1/5) ter ficado feliz ao ver a revista americana Time o eleger uma das pessoas mais influentes do mundo. “A elite (brasileira) dizia que eu não falava inglês, mas meu coração pensa brasileiro, meu coração pensa o povo brasileiro”, disse ele durante comemoração promovida pela Força Sindical e Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), em São Paulo, em homenagem ao Dia do Trabalhador.

Veja aqui o infográfico que preparamos sobre a criação de empregos no Brasil nos últimos sete anos.

Perante milhares de trabalhadores reunidos na praça Campo de Bagatelle, no bairro de Santana, Lula afirmou ainda que a elite fica ofendida “quando o Le Monde (jornal francês) e o El País (jornal espanhol) me escolhem Homem do Ano, quando negociamos a paz em Israel, quando vou ao Irã. Mas esse País é soberano, é um povo feito de homens e mulheres que andam de cabeça erguida e nós que decidimos onde vamos”.

Ouça aqui a íntegra do discurso:

[podcast]http://blog.planalto.gov.br/wp-content/uploads/2010/05/pr1807-2@.mp3[/podcast]

Para ler a transcrição, clique aqui.

Leia o artigo completo »

Quinta-feira, 29 de abril de 2010 às 9:30

Entrevista à TV libanesa: O povo aprendeu a lição de que, quando quer, pode fazer

EntrevistasUm dos grandes desejos do presidente Lula, para quando deixar a Presidência no Brasil, é viajar pelo continente africano de ônibus, conhecendo a realidade local, conversando com as pessoas e os governantes, procurando soluções para os seus principais problemas. Seria quase uma reedição das Caravanas da Cidadania que promoveu no Brasil em 1993 e 1994, quando era candidato à Presidência. A revelação foi feita semana passada em entrevista concedida à TV libanesa LBC.

Pretendo dedicar um pouco do meu aprendizado para ver se presto um serviço à África. É só sonho, por enquanto, não tenho nada construído, mas eu por exemplo sonho em pegar um ônibus num país africano e atravessar a África, conversando com as pessoas e conversando com os governantes. Vamos ver se há condições de fazer.

Também falou sobre a popularidade de seu governo, a sucessão presidencial deste ano, o combate à corrupção e à fome, a paz no Oriente Médio e a nova ordem econômica mundial, entre outros temas.

Para ver a íntegra da entrevista em vídeo, clique aqui (divido em 6 partes).

Ao ser convidado pelo entrevistador a dar uma mensagem ao povo brasileiro, o presidente Lula se emocionou ao afirmar que, ao deixar a Presidência, sabe que vai encontrar muitos companheiros e amigos “porque eu não perdi a minha relação com meus companheiros”.

Com lágrimas nos olhos, disse:

Eu sei o quanto nós sofremos para chegarmos na Presidência da República, eu sei o quanto nós fomos atacados, eu sei depois o quanto as pessoas mentiram a respeito do nosso governo. Tinha gente que pensava que a gente tinha acabado para a política. E nós vamos chegar ao final do nosso governo com uma performance eu diria inusitada na história política desse País. Isso me dá muito orgulho. Eu, se não fizer mais nada, se eu morresse agora, o povo brasileiro teria aprendido uma lição. Sabe aquela frase do Obama ‘Nós podemos’? Aquela frase é do povo brasileiro: Nós podemos. E quando o povo quer, o povo pode fazer muito mais. Eu sou apenas isso, eu sou a cara do que é possível um cidadão, que acredita na luta, fazer.

Ouça aqui a íntegra da entrevista:

[podcast]http://blog.planalto.gov.br/wp-content/uploads/2010/04/pr1795-2@.mp3[/podcast]

Para ler sua transcrição também na íntegra, clique aqui.

Para ler os principais trechos, clique no link abaixo.

Leia o artigo completo »

Segunda-feira, 22 de março de 2010 às 12:29

Oriente Médio: “Eu não acredito em coisas impossíveis, eu acredito em coisas difíceis”

Sexta-feira, 19 de março de 2010 às 14:19

Irã pode exercer influência positiva e fazer Hamas aceitar acordo de paz

(Entrevista concedida pelo ministro Celso Amorim em Amã, na Jordânia. Vídeo: Ricardo Stuckert/PR)
Viagens internacionais
O Irã tem grande influência no Oriente Médio e pode exercê-la de forma positiva para fazer com que grupos como Hamas e Hezbollah troquem a força pelo diálogo e aceitem um acordo de paz na região, afirma o ministro Celso Amorim em entrevista exclusiva concedida ao Blog do Planalto. “Acho que entrar no diálogo já significa modificar certos comportamentos. É isso que esperamos que possa ocorrer: ao serem chamados para um diálogo, esses grupos também mudem seu comportamento. Se não houver essa mudança, as soluções ficam bem mais problemáticas.”

A influência iraniana e a necessidade de dar garantias à comunidade internacional de que seu programa nuclear será usado de forma pacífica são as duas principais discussões a serem abordadas pelo presidente Lula na viagem que fará ao país em maio. Na questão nuclear, Amorim avalia que é importante reconhecer o direito do Irã desenvolver um programa nuclear pacífico mas frisou que a comunidade internacional precisa receber garantias firmes de que esse programa não será desviado para fins militares.

Chegar a um acordo aqui (nesse tema nuclear) é difícil, mas não impossível. O Brasil está empenhado para encontrar a saída. Melhor do que ficar trabalhando sobre hipóteses que muitas vezes não se confirmam, como foi no caso do Iraque – e descobrir isso depois que 200 mil pessoas morreram.

O ministro Celso Amorim afirma que o Brasil tem muito a contribuir com a questão do Oriente Médio, porque é um País que inspira confiança:

O que o Brasil diz é bem recebido, as pessoas falam com o Brasil com uma franqueza, que dificilmente falam com outros interlocutores, não tem medo de falar com ele. Essa confiança é, digamos, a mercadoria mais importante numa negociação de paz, o Brasil traz consigo. Isso é o grande trunfo que o Brasil tem.

Leia o artigo completo »

Sexta-feira, 19 de março de 2010 às 11:29

Holocausto nunca mais, nunca mais, nunca mais

Viagens internacionais
O presidente Lula ficou bastante sensibilizado ao visitar o Museu do Holocausto, em Jerusalém. Num curto pronunciamento, o presidente brasileiro pediu: “Holocausto nunca mais, nunca mais, nunca mais”. Lula enfatizou que “não podemos permitir, de forma nenhuma, que se repita” a barbárie como a exterminação de judeus praticada pelos comandados de Adolph Hitler.

As imagens foram feitas pelo repórter-fotográfico da Presidência da República, Ricardo Stuckert, que acompanhou o presidente Lula na visita oficial ao Oriente Médio.

Bandeira de Israel Clique na bandeira para ver todos os posts da viagem a Israel.

Tweets

Portal da Copa

Portal da Copa

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-