Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:

Terça-feira, 4 de junho de 2013 às 9:00

Em coluna, Dilma fala sobre os subsídios do Minha Casa, Minha Vida

Conversa com a PresidentaA presidenta Dilma Rousseff, na coluna Conversa com a Presidenta desta terça-feira (4), falou dos subsídios e dos juros cobrados para os usuários do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, que variam de acordo com a renda da família e com o município onde o imóvel vai ser comprado. Ela explicou que são três faixas de renda atendidas pelo programa – de R$ 1,6 mil a R$ 5 mil – e que, além de juros abaixo do cobrado pelo mercado, os seguros também têm preço reduzido.

“Para você entender melhor, o MCMV considera três faixas de renda. A primeira é destinada a famílias com renda mensal inferior a R$ 1.600,00, que podem receber subsídios de até 96% do valor do imóvel, pois sem a ajuda do governo, não teriam acesso a uma moradia digna. Para a segunda faixa, para o segmento de renda familiar como a sua, acima de R$ 1.600 até R$ 3.275, os juros cobrados são menores que os de mercado e os subsídios podem chegar a R$ 25 mil por família, sendo que, quanto menor a renda familiar, maior o valor subsidiado. Na terceira faixa, a partir da renda familiar de R$ 3.275 até R$ 5.000, não existe subsídio no valor do imóvel, mas as taxas de juros também são menores que as de mercado. O valor dos seguros que cobrem os riscos de morte, invalidez permanente, danos físicos do imóvel, e perda temporária de emprego ou renda também são reduzidos”, explicou Dilma, em resposta a Ailton Emilio Gouvea, motorista em Barra Mansa (RJ).

Confira a íntegra

Terça-feira, 7 de maio de 2013 às 9:00

Em coluna, Dilma fala sobre o programa Minha Casa, Minha Vida Rural

Conversa com a PresidentaNa coluna Conversa com a Presidenta desta terça-feira (7), a presidenta Dilma Rousseff explicou as regras para construção ou reforma de residência em zona rural, pelo programa Minha Casa, Minha Vida Rural. Ao responder pergunta da lavradora Shirley Pereira Ribeiro, de Baependi (MG), Dilma lembrou que as famílias com renda anual de até R$ 15 mil têm direito a um financiamento de até R$ 28,5 mil, e que paga de volta apenas 4% do valor emprestado.

“O programa Minha Casa, Minha Vida Rural está presente em todos os estados do país e foi feito justamente para garantir o acesso a uma moradia digna aos agricultores familiares e aos trabalhadores rurais. (…) Para os moradores da Região Norte do país, o valor do subsídio pode chegar a R$ 30.500,00 para a construção e a R$ 18.400,00 para reforma da moradia. (…) As casas localizadas onde houver necessidade poderão ser entregues com cisternas de placas, para garantir armazenagem de água, questão muito importante na região semiárida do país”, afirma.

A presidenta ainda falou sobre o envio ao Congresso da proposta que destina recursos do pré-sal para a educação. Segundo Dilma, a educação de qualidade é o caminho para garantir de forma permanente recordes alcançados nos últimos anos na geração de empregos, na valorização do salário e nas conquistas sociais dos trabalhadores. Ela pediu que os brasileiros incentivem seus deputados e senadores a apoiar essa iniciativa, única forma de, para ela, garantir o ensino da creche ao doutorado.
Confira a íntegra


Terça-feira, 16 de abril de 2013 às 11:59

Dilma entrega 1.640 unidades habitacionais em Ribeirão das Neves (MG)

A presidenta Dilma Rousseff entregou nesta terça-feira (16) 1.640 unidades habitacionais do Residencial Alterosa, construído com recursos do Minha Casa Minha Vida, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. O empreendimento vai beneficiar famílias com renda de até R$1,6 mil.

» Vídeo: beneficiárias falam da entrega de moradias do Minha Casa, Minha Vida

O conjunto habitacional é composto por 82 blocos de 20 apartamentos e contemplará cerca de 6,5 mil pessoas. Os apartamentos têm área privativa de 41 m², divididos em 2 quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço. O condomínio dispõe de estacionamento, centro comunitário, quadra de esporte e campo de futebol.

O empreendimento também oferece apartamentos adaptados para portadores de necessidades especiais, com área maior para possibilitar o giro de 360 graus da cadeira de rodas, além de portas e janelas também adaptadas.

Máquinas agrícolas e ônibus escolares

Na mesma solenidade, a presidenta Dilma entregará 58 máquinas motoniveladoras, 50 máquinas retroescavadeiras e 19 ônibus escolares a 102 municípios mineiros. O investimento é de mais de R$ 25 milhões, e a distribuição das máquinas agrícolas faz parte da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), via Ministério do Desenvolvimento Agrário. O principal objetivo é a construção e a manutenção de estradas que ligam a zona rural à zona urbana.

O programa Caminho da Escola visa renovar e padronizar a frota de veículos de transporte escolar, para garantir segurança e qualidade, contribuindo para o acesso e a permanência dos alunos nas escolas da rede pública da educação básica.

Terça-feira, 16 de abril de 2013 às 8:00

Agenda: em Minas, retomada de produção de insulina e entrega de unidades habitacionais

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff participa, nesta terça-feira (16), às 9h, de cerimônia de lançamento da retomada da produção nacional de insulina humana no Brasil, no Teatro Sesiminas, em Belo Horizonte. Às 11h30, entrega 1.640 unidades do Residencial Alterosa, no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida; além de ônibus escolares, máquinas retroescavadeiras e motoniveladoras para prefeitos do estado. A volta para Brasília está prevista para as 14h.

Segunda-feira, 4 de março de 2013 às 11:26

Não descansaremos até que o último brasileiro tenha acesso a uma moradia digna, afirma Dilma

Durante a entrega de 576 moradias do Residencial Jardim Veneza, nesta segunda-feira (4), em João Pessoa, a presidenta Dilma Rousseff destacou que o Programa Minha Casa, Minha Vida continuará crescendo até que todos os brasileiros tenham acesso a uma moradia digna. Segundo Dilma, além do 1 milhão entregue e do 1,1 milhão contratado, se for necessário, mais será encomendado. O condomínio vai beneficiar 2,3 mil pessoas de famílias com renda até R$ 1,6 mil.

“Um dos programas do meu governo que eu tenho em mais alta conta, que é o Minha Casa, Minha Vida. E fiquei muito feliz porque vi apartamentos com o acabamento muito bem feito. Nós não descansaremos até que o último brasileiro tenha acesso a uma moradia digna. Falta 1,1 milhão para ser entregue, estão as pessoas podem ficar tranquilas. E se não der conta? Aí contrataremos mais 1 milhão”, enfatizou Dilma.

Para construção dos 36 prédios, com apartamentos de 43,2m², divididos em 2 quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço, foi investido quase R$ 24 milhões do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). O condomínio conta com quadra poliesportiva, salão de festas e 327 vagas de estacionamento, além de infraestrutura completa e proximidade de creches, escolas, postos de saúde e transporte público.

Leia o artigo completo »

Sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 às 13:19

Estamos perto de dizer com orgulho que esse país não tem mais pobreza extrema, afirma Dilma

A presidenta Dilma Rousseff participou, nesta sexta-feira (1º), da entrega de 1.080 unidades habitacionais do Residencial Jardim dos Ipês, empreendimento do Programa Minha Casa Minha Vida, em Castanhal (PA). Durante o evento, Dilma reforçou a necessidade de uma parceria maior entre o governo federal e os municípios, principalmente no combate às desigualdades.

“Meu governo está empenhado em ajudar os prefeitos a fazerem a melhor gestão. (…) E precisamos que nos ajudem a completar o cadastro único do Bolsa Família. Temos de cadastrar todas as famílias que vivem na pobreza e na miséria. Nós estamos chegando perto de poder levantar sobre os nossos pés, erguer a cabeça e dizer com orgulho: esse país não tem mais, não tem mais, pobreza extrema”, afirmou Dilma.

Segundo a presidenta, o governo tem a responsabilidade de assegurar que as pessoas tenham acesso à casa própria. Ela classificou o Minha Casa, Minha Vida como “um dos melhores e mais abrangentes programas que o governo federal tem, porque atua diretamente na desigualdade”. Para Dilma, o desenvolvimento do país depende da oferta de oportunidades iguais para todos.

Leia o artigo completo »

Sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 às 6:00

Agenda: entrega de 1.080 unidades habitacionais em Castanhal (PA)

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (1), às 10h15 (horário local, uma hora a menos em relação ao de Brasília), participa da cerimônia de entrega de 1.080 unidades habitacionais nos residenciais Jardim Ipê, do programa Minha Casa, Minha Vida, em Castanhal (PA). A volta está prevista para as 15h40.

Terça-feira, 29 de janeiro de 2013 às 10:16

Dilma fala sobre o combate a doença de Chagas, o Vale-Cultura e a redução das tarifas de energia

Conversa com a PresidentaA presidenta Dilma Rousseff, na coluna Conversa com a Presidenta desta terça-feira (29), falou da importância da melhoria das condições habitacionais para o controle da doença de Chagas, já que o barbeiro se aloja nas frestas de casas precárias. Ela lembrou que o Minha Casa, Minha Vida também atua em áreas rurais, onde já investiu R$ 1,4 bilhão desde 2009. Já foram beneficiadas 60,6 mil famílias, sendo 41,5 mil só em 2012.

“Além disso, em 2012, a Fundação Nacional de Saúde, a Funasa, por meio do Programa Melhoria Habitacional para o Controle da Doença de Chagas, destinou R$ 20 milhões para melhoria habitacional, como reboco e pinturas, em áreas de grande infestação em 39 municípios de nove estados. Para o seu município, serão destinados R$ 500 mil. Desde 2006, o Brasil interrompeu a transmissão pela principal ameaça domiciliar, o barbeiro Triatoma infestans”, explicou Dilma, em resposta a Ubiratã Fonseca Lima, 52 anos, radialista de Posse (GO).

Sobre o acesso ao Vale-Cultura, em resposta a Joelmir Francisco Couto, analista de produção de Fortaleza, Dilma lembrou que as empresas, públicas ou privadas, deverão aderir voluntariamente ao programa. O benefício é de R$ 50 mensais, concedidos prioritariamente aos trabalhadores que recebem até cinco salários mínimos por mês. E o valor poderá ser gasto em cinemas, teatro, livrarias e outras áreas culturais.

Leia o artigo completo »

Sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 às 19:01

Brasil não pode abrir mão de assegurar moradia adequada para a população, afirma Dilma

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, nesta sexta-feira (25), em São Paulo, durante a entrega de 300 unidades habitacionais do Residencial Iguape, que o país não pode abrir mão de assegurar condições adequadas de moradia. Segundo ela, o Minha Casa, Minha Vida é um dos maiores programas de habitação popular do mundo e faz parte do esforço de melhorar a qualidade de vida da população.

“Hoje o Brasil tem de fato um dos maiores programas de moradia popular do mundo. (…) Um país como o Brasil, com 84% da população morando em cidades, não pode abrir mão de assegurar para essa população condições adequadas de moradia. (…) Gente com responsabilidade tem de ver que a sua população não pode morar em favela, em condições inadequadas”, afirmou.

O residencial, que beneficiará 1,2 mil pessoas, conta com 15 blocos, cada um com 20 apartamentos de 45,11 m², sendo um total de 15 unidades adaptadas para pessoas com deficiência. O empreendimento também conta com infraestrutura interna e externa – redes de água, esgotamento sanitário, drenagem, coleta de lixo, energia elétrica, pavimentação, entre outros -, além de salões comunitários e área de lazer.

Ambulância

A presidenta ainda fez a entrega de 84 ambulâncias para o Samu 192 do município de São Paulo, com o objetivo de renovar a frota. De acordo com o Ministério da Saúde, o investimento total para aquisição dos automóveis e equipamentos foi de R$ 10,3 milhões – custo de R$ 122,7 mil por unidade.

Confira a íntegra

 

Sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 às 8:23

Agenda: projeto do Centro Paraolímpico Brasileiro

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff participa, nesta sexta-feira (25), às 14h30, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, do lançamento do projeto do Centro Paraolímpico Brasileiro. Às 16h30, ela faz a entrega de 300 unidades habitacionais no Condomínio Residencial Iguape, e de 84 ambulâncias para o Samu do município de São Paulo. Em seguida, às 19h, a presidenta parte para Santiago, no Chile. A previsão de chegada ao Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez é 21h30 (horário local, com uma hora a menos em relação a Brasília).

Tweets

Portal da Copa

Portal da Copa

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-