Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Quinta-feira, 23 de outubro de 2014 às 15:48

Goleiro do Santos fala de racismo e respeito

Brasilidades_Aranha

Terça-feira, 22 de julho de 2014 às 12:02

Governo aprofunda discussão sobre desenvolvimento do futebol brasileiro

Segunda-feira, 21 de julho de 2014 às 20:38

Governo aprofunda discussão sobre desenvolvimento do futebol brasileiro

Presidenta Dilma Rousseff se reúne com atletas do Bom Senso Futebol Clube. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Presidenta Dilma Rousseff se reúne com atletas do Bom Senso Futebol Clube. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Em nova reunião com o Bom Senso Futebol Clube, nesta segunda-feira (21), a presidenta Dilma Rousseff conversou sobre o aprimoramento dos projetos para desenvolvimento do esporte no Brasil. Os jogadores Dida, Ruy e Aline (do futebol feminino) representaram os atletas do movimento no Palácio do Planalto. Dilma já havia se encontrado com o grupo antes da Copa para discutir propostas de melhoria do futebol brasileiro.

A Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte em tramitação no Congresso Nacional, a regulamentação para democratizar a participação de atletas nas assembleias das entidades e a criação de um Plano Nacional de Desenvolvimento do Futebol voltaram à discussão. Estes três pontos passaram por um aprofundamento técnico, segundo o secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor do Ministério do Esporte, Toninho Nascimento.

Rui, jogador e representante do Bom Senso F.C., se mostrou otimista após a reunião.

“Na primeira reunião a gente focou em três pontos. E hoje a gente fez um estudo mais aprofundado em cima desses três pontos, de que forma iam funcionar os trâmites dentro da Constituição.”

Depois da reunião, o diretor executivo do Bom Senso F.C., Ricardo Borges, considerou positivo o diálogo com o governo federal, por se tratar da primeira instância a abrir espaço para propostas do movimento. A percepção foi endossada por Aline, jogadora e também representante do grupo, que frisou a importância de futuras medidas para o esporte como um todo, tendo em perspectiva as Olimpíadas 2016, no Rio.

Segunda-feira, 30 de junho de 2014 às 18:13

Dilma: Ganhamos de goleada daqueles que anunciavam o caos na Copa

Copa 2014

A Copa do Mundo está sendo um sucesso em todo o Brasil, destacou a presidenta Dilma Rousseff. Durante inauguração do Hospital Estadual dos Lagos, nesta segunda-feira (30), em Saquarema (RJ), ela afirmou que os pessimistas estão perdendo de goleada, e que o país pode se orgulhar, de cabeça erguida, por fazer uma Copa fantástica em 2014.

“Durante um tempo muito grande no Brasil falaram que a Copa ia ser um caos, falaram que não ia haver Copa. Teve gente que disse que os estádios não ficariam prontos, outros disseram que os aeroportos não ficariam prontos, outros disseram que não teria hotéis, outros disseram que o Brasil tinha doenças infecciosas, outros disseram que ia faltar luz. Nada disso aconteceu e nós estamos, de fato, fazendo a Copa das Copas”, comentou.

Dilma citou um episódio como exemplo de harmonia entre brasileiros e estrangeiros na Copa. Em Porto Alegre, pouco antes do jogo entre Holanda e Austrália, holandeses com instrumentos de sopro encontraram uma banda da Brigada Militar gaúcha. A música era “Aquarela do Brasil”, mas os torcedores vestidos de laranja tocaram de ouvido ao lado dos policiais. Confira o vídeo!

Terça-feira, 17 de junho de 2014 às 10:59

Dilma: Olhos e corações do mundo acompanham a maior Copa da história

Café com a presidenta A presidenta Dilma Rousseff reiterou que o Brasil se tornou o centro das atenções do planeta graças à “maior Copa do Mundo de futebol da história”, na coluna semanal Conversa com a Presidenta desta terça-feira (17). Ela afirmou que 3 bilhões de pessoas estão fascinados pela arte das 32 melhores seleções de futebol e reforçou a mensagem do Mundial contra o racismo.

“Para o Brasil, sediar a Copa do Mundo é motivo de satisfação, de alegria e de orgulho e, em nome do povo brasileiro, saúdo a todos que chegaram e estão chegando para esta que será, também, a Copa pela paz e contra o racismo; a Copa pela inclusão e contra todas as formas de violência e preconceito; a Copa da tolerância, da diversidade, do diálogo e do entendimento”, escreveu.

Dilma também exaltou que, embora a Copa dure apenas um mês, os benefícios ficam para toda vida. Tratam-se de obras de mobilidade urbana, como os BRTs, além dos aeroportos e dos estádios, que ficarão aqui beneficiando o povo brasileiro, segundo a presidenta.

Segunda-feira, 26 de maio de 2014 às 18:52

Bom Senso FC discute melhorias para o futebol brasileiro com a presidenta Dilma

Presidenta Dilma recebe Atletas do Bom Senso Futebol Clube. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Presidenta Dilma recebe Atletas do Bom Senso Futebol Clube. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff recebeu, em reunião, reivindicações dos representantes do movimento “Bom Senso Futebol Clube” para a melhoria do futebol brasileiro. Os principais pontos discutidos na reunião foram o fortalecimento da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte (em tramitação no Congresso Nacional), a regulamentação da participação de atletas nas assembleias das entidades e a criação de um Plano Nacional de Desenvolvimento do Futebol.

“Foi uma reunião proveitosa. Não é todo presidente que tem condição de disponibilizar tempo para receber atletas e ouvir histórias que foram relatadas, desde a elite do futebol às classes mais baixas. Saímos com três pontos bem definidos. A presidenta e o governo se comprometeram, juntamente do futebol brasileiro, para que os pontos sejam abertos num futuro próximo. Cada um volta para casa de maneira bem satisfeita”, relatou o meia Alex, jogador do Coritiba.

Quarta-feira, 21 de maio de 2014 às 12:36

Vídeo esclarece dúvidas e demonstra os benefícios da Copa do Mundo para o Brasil

Copa 2014

A Secretaria Geral da Presidência da República produziu vídeo esclarecendo as principais dúvidas sobre a realização da Copa do Mundo 2014.

Com números e dados oficiais, o vídeo “A Copa é boa para o Brasil” demonstra o que os investimentos do Mundial representam para o Brasil, que a maior parte dos recursos atende a obras de mobilidade urbana, além de explicar que a Copa não interferiu nos orçamentos da Saúde e da Educação e falar dos benefícios para o turismo e economia do país.

Assista e compartilhe em suas redes sociais.

Terça-feira, 13 de maio de 2014 às 16:20

Copa no Brasil tem todas as condições para ser um sucesso, afirma Dilma

Copa 2014

Em entrevista coletiva após visita à Barragem de Jati (CE), nesta terça-feira (13), a presidenta Dilma Rousseff afirmou que a Copa do Mundo será “plena de êxito”, com estádios e aeroportos encaminhados. Dilma também destacou que a segurança será garantida para as delegações, chefes de Estado e todos que querem aproveitar o evento.

“A Copa no Brasil tem toda as condições para ser um sucesso. Estamos garantindo a segurança em conjunção de forças como as federais: Forças Armadas, PF, PRF, com as militares nos estados, tudo isso vai assegurar que a Copa seja feita pacificamente. (…) Isso vai ser um critério para ver como esse país é capaz de receber bem, de garantir que uma festa dessa proporção não é para alguns poucos, é para todos os brasileiros”, afirmou.

Ainda sobre segurança, Dilma lembrou que o Brasil é uma democracia e que os protestos podem acontecer, mas condenou o vandalismo e a tentativa de prejudicar quem quer aproveitar o mundial.

“As pessoas podem protestar, mas democracia não significa vandalismo e ou prejuízo para um conjunto da população. Acho lamentável que, quando se olha um aeroporto como Guarulhos, se fale de um pingo d’água, quando a obra é excepcional. É uma má vontade com o Brasil fantástica. Somos o país da Copa, porque adoramos futebol. Aproveitamos a Copa quando era em outros países, porque uma parte expressiva da população não pode usufruir da copa quando é feita no país?”

Confira a íntegra

Domingo, 13 de abril de 2014 às 13:54

Final do Carioca será usada como teste na área de segurança para a Copa

Estádio recebe Vasco e Flamengo para decidir a final do Carioca. Foto: Érika Ramalho/ Divulgação

Estádio recebe Vasco e Flamengo para decidir a final do Carioca. Foto: Érica Ramalho/ Divulgação

Palco da final da Copa do Mundo, o Maracanã viverá, neste domingo (13), durante a final do Campeonato Carioca, um exercício preparatório em itens de segurança que serão adotados durante a Copa do Mundo. Sob coordenação da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça (Sesge/MJ), questões como segurança e deslocamento de torcedores, delegações e autoridades serão tratadas de forma similar à que será adotada durante o Mundial.

» Acompanhe os preparativos para o Mundial no Portal da Copa do governo federal

A proposta da Sesge ao realizar os exercícios é avaliar e orientar as ações implementadas a fim de aprimorar a atuação das forças de segurança para a Copa. Tudo será monitorado a partir do Centro Integrado de Comando e Controle, com a participação de órgãos de segurança e defesa, como Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Bombeiros, Ministério da Defesa e Guarda Municipal.

Durante a operação, as forças de segurança pública utilizarão os equipamentos adquiridos pela Sesge para a Copa, como a Plataforma de Observação Elevada e o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, que são caminhões adaptados e equipados com sistemas de comunicações, videomonitoramento e plataforma integrada de inteligência. Essa tecnologia já está em uso permanente nos estados e faz parte do legado dos Grandes Eventos.

Participam ainda da operação Força Nacional, Infraero, Receita Federal, Polícia Civil, Cedae, Governo do Estado, Ministério Público, Tribunal de Justiça, além das concessionárias CEG, Metro, Light e Ampla, Lamsa, Supervia e Ponte.

Continuidade

Outros exercícios para a Copa do Mundo já confirmados serão realizadosna partida entre Luverdense e Vasco, no dia 26 de abril, na Arena Pantanal, e em 3 maio, durante o duelo entre América (RN) x ABC, na Arena das Dunas, em Natal. O teste no Beira-Rio está previsto para o dia 10, com Inter e Atlético-PR, pelo Campeonato Brasileiro. Uma semana depois, o exercício vai ocorrer durante a partida entre Corinthians e Figueirense, em São Paulo. O duelo entre Goiás e Botafogo, pela 5ª rodada do Brasileirão, servirá de teste para o Estádio Nacional de Brasília (Mané Garrincha) no dia 18 de maio.

Segunda-feira, 27 de maio de 2013 às 9:00

Construção das seis arenas mostra capacidade para fazer melhor Copa de todos os tempos, afirma Dilma

Café com a presidentaA presidenta Dilma Rousseff falou, no programa Café com a Presidenta desta segunda-feira (27), sobre as seis arenas inauguradas para receber a Copa das Confederações, competição que começa no próximo dia 15, e vai receber oito seleções nacionais de futebol, incluindo o Brasil e a atual campeã mundial, a Espanha. Dilma destacou a modernidade e a versatilidade dos estádios, capazes de receber outros tipos de eventos, além do futebol. Para a presidenta, essas construções mostram a determinação, a capacidade e a competência do brasileiro para fazer a melhor edição do Mundial de futebol de todos os tempos.

“Eu fiquei impressionada com a beleza e a modernidade desses novos palcos do futebol: o Castelão, em Fortaleza, o Mineirão, na minha querida Belo Horizonte, o nosso Maracanã, no Rio de Janeiro, a Arena Fonte Nova, lá em Salvador, o Mané Garrincha, aqui em Brasília, e Arena Pernambuco, lá na Grande Recife. A construção desses seis estádios mostra que o nosso povo tem determinação, capacidade e competência para fazer a melhor Copa de todos os tempos”, disse.

A presidenta ainda afirmou que o país será capaz de brilhar dentro e fora dos campos, mostrando aos visitantes, turistas internacionais e nacionais, jogadores e equipes técnicas, que o brasileiro sabe receber bem. Como resultado disso, segundo Dilma, todos que conhecerem o Brasil durante a Copa das Confederações vão se apaixonar e querer voltar no ano que vem, para acompanhar a Copa do Mundo de 2014.

“Muita gente não acreditava que nós seríamos capazes de construir esses estádios antes da Copa das Confederações e nos padrões exigidos pela Fifa para esse evento, e também para a Copa do Mundo. Parecia aquele velho complexo de vira-lata de que falava o nosso Nelson Rodrigues. Mas os trabalhadores que construíram esses estádios, os empresários contratados para fazer essas obras e todos os governos envolvidos provaram que o Brasil é capaz de aceitar desafios e cumprir os compromissos que assume pontualmente”, destacou.

Confira a íntegra

 

Tweets

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-