Portal do Governo Brasileiro

Tamanho da fonte:


Sexta-feira, 24 de abril de 2015 às 18:48   (Última atualização: 24/04/2015 às 19:28:52)

Com balanço auditado, Petrobras vira a página

Brasil Coreia do SulA presidenta Dilma Rousseff afirmou, nesta sexta-feira (24), que considera muito importante a divulgação do balanço auditado da Petrobras, publicado na última quarta-feira (22). “Eu considero muito importante a aprovação do balanço, porque a Petrobras vira uma página, acerta seu passo. Eu tenho certeza que a Petrobras vai dar, ainda, muitas alegrias para nós nos próximos meses e anos.”

Ela destacou ainda que empresa brasileira receberá em maio, em Houston (EUA), o prêmio OTC Distinguished AchievementAward for Companies, Organizations, and Institutions, pelo conjunto de tecnologias desenvolvidas para a produção de petróleo em águas profundas do pré-sal. As declarações foram feitas a jornalistas após almoço em homenagem a presidenta da República da Coreia.

“Inclusive eu acho interessante o fato de ela estar recebendo o prêmio na OTC, não só porque ela é uma grande empresa, do ponto de vista financeiro, como de qualquer lado que você olhe, pelo tamanho dela, pela capacidade de emprego que ela gera”, lembrou.

Ressaltou ainda que o prêmio se deve à grande capacidade da empresa de gerar tecnologia nacional para conseguir solucionar o desafio de explorar petróleo em águas profundas, ou super profundas, que têm temperaturas e pressões extremas.

 

Confira a íntegra

Sexta-feira, 24 de abril de 2015 às 17:45   (Última atualização: 24/04/2015 às 19:32:50)

BNDES é principal instituição de financiamento de longo prazo no País

Brasil Coreia do SulO Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é a mais importante instituição de financiamento de longo prazo no País para projetos de infraestrutura e industriais, afirmou nesta sexta-feira (24) a presidenta Dilma Rousseff, em resposta a jornalistas, na chegada ao Palácio Itamaraty, onde foi oferecido almoço em homenagem à presidenta da República da Coreia do Sul.

“Cá entre nós, qual é o financiamento de longo prazo que existe no Brasil? O fundamental, aquele financiamento que tem duas características: tanto financia o que se chama de dívida, quanto financia,através do aporte de capital, a participação acionária”, é o BNDES, afirmou.

Por isso mesmo, acrescentou Dilma, não tem nenhuma instituição mais importante do que o banco para qualquer grande atividade que exige recursos. “Hoje, no Brasil, se tem o BNDES como grande aportador”, reforçou a presidenta.

Dilma também fez referência ao FI-FGTS e ao Fundo da Marinha Mercante como dois outros mecanismos do setor público brasileiro para alavancar investimentos por meio de aquisição de participação societária.

Confira a íntegra

Sexta-feira, 24 de abril de 2015 às 15:16   (Última atualização: 24/04/2015 às 19:44:10)

Brasil considera a Educação uma área vital para manter inclusão social

Brasil Coreia do SulNo Brasil, cada vez mais, a educação tem o papel estratégico de assegurar a sustentabilidade do esforço de inclusão social e de combate à pobreza dos últimos anos. E os brasileiros admiram a Coreia do Sul pelos extraordinários avanços alcançados na área, “hoje referência mundial na produção de conhecimento, graças também à excelência de seus centros de estudo e pesquisa”, disse a presidenta Dilma, ao receber, nesta sexta-feira (24), a primeira visita de Estado da presidenta Park Geun-hye.

“Os acordos no campo das tecnologias da informação e da comunicação, assinados hoje, criam um programa de cooperação que vai unir empresas, universidades e centros de pesquisa. Essas iniciativas conjuntas gerarão oportunidades de negócios e o desenvolvimento de alto conteúdo tecnológico que atendam aos mercados nacionais e internacionais”, destacou a presidenta brasileira.

Dilma Rousseff destacou que é por meio da educação que estão sendo formados cientistas, pesquisadores e técnicos, para que o Brasil consolide sua entrada na economia do conhecimento. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma Rousseff destacou que é por meio da educação que estão sendo formados cientistas, pesquisadores e técnicos, para que o Brasil consolide sua entrada na economia do conhecimento. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma lembrou que a Coreia do Sul foi o primeiro país asiático a engajar-se no Programa Ciência Sem Fronteiras, já tendo recebido 525 bolsistas brasileiros em suas universidades. “As oportunidades de estágio oferecidas por empresas coreanas – a maioria delas com importantes investimentos no Brasil – são fundamentais para a qualificação da formação acadêmica e para a futura interação entre os setores privados dos dois países.”

Educação para avançar na economia
Dilma Rousseff destacou que também é por meio da educação que estão sendo formados cientistas, pesquisadores e técnicos, para que o Brasil consolide sua entrada na economia do conhecimento e trate a inovação como tema central no desenvolvimento do País.


“A presidenta Park e eu concordamos com o caráter estratégico de nossa parceria no setor energético, em especial para assegurar a ampliação do uso de energias renováveis. A associação entre a Eletrobras, a Eletronuclear e a empresa coreana Kepco, formalizada hoje, permitirá o intercâmbio de tecnologias e experiências no campo da energia termonuclear, com ganhos para ambos os lados.”

Confira a íntegra

Sexta-feira, 24 de abril de 2015 às 14:59   (Última atualização: 24/04/2015 às 23:49:01)

Visita honra contribuição de milhares de coreanos que ajudaram a construir o Brasil, afirma Dilma

Brasil Coreia do SulDilma Rousseff agradeceu a visita da comitiva sul-coreana ao Brasil durante almoço oferecido à presidenta Park Geun-hye no Itamaraty, nesta sexta-feira (24), e saudou a contribuição dos milhares de coreanos e coreanas que ajudaram a construir o País.

“Com sua visita, hoje, demos um passo importante para honrar essa contribuição. Em seu retorno à Coreia, peço-lhe que seja portadora da saudação amiga do povo e do governo do Brasil”, acrescentou. Dilma também exaltou as conquistas femininas por maior espaço na política nos dois países, inclusive com a eleição de mulheres para a presidência.

Ela reiterou que os brasileiros admiram os avanços do país asiático nos campos da educação, tecnologia, ciências e, sobretudo, a capacidade e a persistência coreanas. “O exemplo da Coreia é inspiração do imenso esforço que estamos travando para que o Brasil seja uma verdadeira ‘Pátria Educadora’”, acrescentou.

Dilma disse ter ficado surpresa ao saber que a Coreia mudou seu próprio alfabeto, tornando-o mais simples para facilitar a alfabetização do povo. E que lá o Ministério da Ciência e Tecnologia se chama Ministério do Futuro.

“Apesar da distância geográfica que nos separa, sentimos seu país muito próximo de nós. Mais de 50 mil coreanos e descendentes, a partir dos anos 60, fizeram do Brasil sua segunda pátria, contribuindo para o desenvolvimento e a diversidade cultural do nosso País, integram a nossa Nação”, finalizou.

 

Confira a íntegra

Sexta-feira, 24 de abril de 2015 às 14:21   (Última atualização: 24/04/2015 às 14:43:46)

Dilma: Defendemos multilateralismo e apoio mútuo para reforma do Conselho da ONU

Brasil Coreia do SulA presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (24) que os governos do Brasil e Coreia coincidem na ênfase atribuída ao multilateralismo, como via essencial de exercício da governança internacional. Nesse sentido, disse Dilma, “concordamos com a importância do Conselho dos Direitos Humanos, com a reforma do Conselho das Nações Unidas”.

A presidenta disse ter felicitado a presidenta coreana Park Geun-hye, que faz sua primeira visita de Estado ao Brasil, por seus esforços em favor da paz e estabilidade na Península Coreana. “Decididas a fortalecer o sistema multilateral de direitos humanos, acordamos apoio mútuo às candidaturas coreana e brasileira ao Conselho de Direitos Humanos para os mandatos 2016-2018 e 2017-2019, respectivamente”, defendeu Dilma Rousseff.

A presidenta brasileira felicitou Park Geun-hye por seus esforços em favor da paz e estabilidade na Península Coreana.  Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta brasileira felicitou Park Geun-hye por seus esforços em favor da paz e estabilidade na Península Coreana. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma informou ainda ter transmitido a Park Geun-hye votos de que as Conversações Hexapartites sejam retomadas o quanto antes. “O Brasil, que mantém embaixadas residentes em Seul e Pyongyang, estará sempre disposto a colaborar nesse processo”, garantiu.

Reunião do Clima em Paris
A presidenta Dilma Rousseff disse que as duas mandatárias concordaram sobre a urgência de atuar de maneira conjunta no tema da mudança do clima.

“Estamos cientes de que a COP 21, em Paris, em dezembro próximo, representa ocasião fundamental para avançar nas negociações de novo instrumento legal, que estabelecerá bases adequadas à necessária redução das emissões”, afirmou.

Sexta-feira, 24 de abril de 2015 às 13:26   (Última atualização: 24/04/2015 às 15:46:00)

Acordos abrem novos espaços para facilitar comércio com Coreia do Sul, afirma Dilma

Brasil Coreia do SulA presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (24), durante a primeira visita de Estado da presidenta da República da Coreia, Park Geun-hye ao País, que exise um espaço importante para a realização de novos esforços com vistas à diversificação do comércio bilateral entre os dois países, por meio de maior agregação de valor nas exportações brasileiras para a Coreia e incorporação de novos itens.

“Essa tendência será fortalecida com os dois acordos que assinamos hoje, na área de facilitação de comércio e de promoção de negócios entre micro, pequenas e médias empresas”, disse Dilma Rousseff.

O Brasil e a Coreia do Sul foram favorecidos pelos progressos da última década e ambos se engajaram no combate à pobreza nos últimos anos, lembrou a presidenta Segundo ela, a presença de Park Genu-hye entre nós, acompanhada de numerosa delegação empresarial, reflete a amizade e o entendimento que animam as relações entre a Coreia e o Brasil. Expressa, ainda, a vontade recíproca de aprofundar a cooperação bilateral nos mais diversos campos.

Dilma enfatizou ainda que comércio bilateral Brasil-República da Coreia é próspero e, apesar dos efeitos negativos da crise, vem crescendo de forma sustentada, com um aumento de mais de 65% desde 2009. Em 2014, a Coreia foi o sétimo parceiro comercial do Brasil no mundo e o terceiro na Ásia, com um intercâmbio total que atingiu 12 bilhões de dólares. Somos, na América Latina, o maior parceiro comercial da Coreia e o principal destino de seus investimentos.

Áreas de interesse
A presidenta reiterou o interesse brasileiro na abertura do mercado coreano para a carne suína do estado de Santa Catarina, que já é uma referência de qualidade para mercados exigentes como os dos EUA, do Japão e da China.

“Em vários setores de ponta, a Coreia é um tradicional parceiro econômico do Brasil, com o qual compartilhamos experiências bem-sucedidas. A fábrica de semicondutores da joint venture coreano-brasileira HT Micron, em São Leopoldo – na qual eu tive oportunidade de participar da inauguração – é dos melhores exemplos dessa parceria, que hoje envolve não apenas empresas, mas também governos e universidades, com efeitos muito positivos em termos de inovação”, afirmou Dilma.

Outros investimentos coreanos, como a fábrica de automóveis da Hyundai em Piracicaba e a participação das empresas Dongkuk (Donguk) e Posco, em associação com a Vale, na Siderúrgica do Pecém, no Ceará, dão importante contribuição para o desenvolvimento regional brasileiro. “No caso de Pecém, a previsão é de uma geração de 19 mil empregos diretos e indiretos com a construção da siderúrgica. Em Piracicaba, são 5 mil postos de trabalho”, enfatou a presidenta brasileira.

Sexta-feira, 24 de abril de 2015 às 12:44   (Última atualização: 24/04/2015 às 23:48:27)

Presidentas Dilma e Park Geun-hye assinam atos de cooperação

Brasil Coreia do SulApós reunião privada em que discutiram acordos bilaterais, a presidenta Dilma Rousseff e a presidenta sul-coreana, Park Geun-hye, participaram de cerimônia de assinatura de atos no Salão Leste do Palácio do Planalto. Os atos internacionais foram assinados por ministros dos dois governos, pelos presidentes das companhias elétricas dos dois países, pelo presidente da Vale e do Korea Eximbank.

As presidentas Dilma e  Park Geun-hye assinaram acordos nas áreas de educação, tributação, energia, saúde e TIC.  Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

As presidentas Dilma e Park Geun-hye assinaram acordos nas áreas de educação, tributação, energia, saúde e tecnologia da informação. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, assinou o memorando de entendimento de Economia Criativa e Sociedade Baseada no Conhecimento com o Ministério da Ciência, TIC e Planejamento Futuro da Coreia. “O Brasil renovou e fez novos acordos para dinamizar o que já existe de tecnologia disponível na área de comunicação e informação e também para a busca de novas tecnologias nessa mesma disciplina”, afirmou.

Os dois ministérios desenvolverão em parceria na avaliação e compartilhamento de melhores práticas, estratégias e políticas na área; facilitação de pesquisa conjunta e de cooperação entre instituições e empresas de ambos os países; comercialização tecnológica, incluindo facilitação de empresas nascentes de base tecnológica (startups) e transferência de tecnologia entre empresas, instituições acadêmicas e institutos de pesquisas, entre outras áreas. “Acho que o Brasil e a Coreia só têm a ganhar e a complementar suas aspirações ao realizar e renovar os acordos que assinamos no dia de hoje”, disse Rebelo.

Confira os dez atos internacionais assinados durante a cerimônia:

I – Protocolo adicional à convenção destinada a evitar dupla tributação e prevenir a evasão fiscal em matéria de impostos sobre a renda.

II – Memorando de entendimento entre o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil e o Ministério da Ciência, Tecnologia da Informação e da Comunicação e Planejamento Futuro da Coreia em economia criativa e sociedade baseada no conhecimento.

III – Carta de intenções entre o Ministério das Comunicações do Brasil e o Ministério da Ciência da Coreia sobre Tecnologia da Informação e da Comunicação.

IV – Memorando de entendimento entre o Ministério das Comunicações do Brasil e o Ministério da Ciência da Coreia no campo das Tecnologias da Informação e da Comunicação.

V – Memorando de entendimento entre a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, a e o Ministério de Comércio, Indústria e energia da Coreia.

VI – Memorando de Entendimento sobre colaboração no estabelecimento do Guichê Único de Comércio Exterior Brasileiro e na promoção de comércio sem papel entre o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil e o Ministério do Comércio, Indústria e Energia da Coreia.

VII – Memorando de entendimento entre o Ministério da Saúde do Brasil e o Ministério da Saúde e Bem-Estar da Coreia no campo da atenção à saúde e ciências médicas.

VIII – Memorando de entendimento entre o Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil e o Ministério de Trabalho e Emprego da Coreia no campo de trabalho e emprego.

IX – Memorando de entendimento Eletronuclear/Eletrobrás – Korea Electric Power Corporation (Kepco) sobre cooperação no setor nuclear.

X – Memorando de entendimento entre a Vale e o Koreaeximbank.

Sexta-feira, 24 de abril de 2015 às 11:45   (Última atualização: 24/04/2015 às 12:30:30)

Dilma se reúne com presidenta da República da Coreia para discutir agenda bilateral

Brasil Coreia do SulA presidenta Dilma Rousseff recebe, nesta sexta-feira (24), em cerimônia oficial no Palácio do Planalto, a presidenta da República da Coreia, Park Geun-hye, que inicia visita de Estado ao Brasil. Em reunião, as duas presidentas avaliam temas da agenda bilateral e global e discutem formas de aprofundar a cooperação entre os dois países.

A presidenta sul-coreana é acompanhada em sua visita de delegação de alto nível e de missão empresarial.

Dilma recebe Park Geun-hye em cerimônia oficial no Palácio do Planalto. As duas definirão formas de aprofundar a cooperação entre os dois países. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma recebe Park Geun-hye em cerimônia oficial no Palácio do Planalto. As duas definirão formas de aprofundar a cooperação entre os dois países. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

O Brasil foi o primeiro país latino-americano a estabelecer relações diplomáticas com a República da Coreia, em 1959. A evolução recente das relações distingue-se pela ampliação dos investimentos coreanos no Brasil; pela intensificação da cooperação acadêmica; pelo adensamento da agenda bilateral no campo da alta tecnologia; e pelo crescimento dos fluxos de comércio. A República da Coreia é a maior parceira do Brasil na Ásia no programa Ciência sem Fronteiras, tendo recebido, desde 2012, 525 estudantes brasileiros em suas universidades e centros de pesquisa. Mais de 100 empresas coreanas, a maioria delas com investimentos no Brasil, têm oferecido estágios profissionalizantes para os bolsistas do programa.

Em 2014, o intercâmbio comercial bilateral foi da ordem de US$ 12 bilhões, o que posicionou a República da Coreia como o 3º maior parceiro comercial do Brasil na Ásia (depois da China e do Japão) e o 7º no mundo. O Brasil, por sua vez, é o maior parceiro comercial da Coreia na América Latina. O estoque de investimentos coreanos no País é estimado em US$ 3,8 bilhões (2013), com destaque para as indústrias de semicondutores, máquinas e equipamentos, eletroeletrônica, siderúrgica e automotiva.

A comitiva coreana seguirá ainda nesta sexta para São Paulo, onde participará de encontro empresarial organizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e pela Câmara Coreana de Comércio e Indústria (KCCI). No sábado (25), manterá encontros com empresários e com representantes da comunidade coreana, além de comparecer a evento cultural de música e moda coreanas.

Sexta-feira, 24 de abril de 2015 às 8:05  

Visita oficial da presidenta da República da Coreia

Agenda presidencial

Nesta sexta-feira (24), a República da Coreia inicia visita de Estado ao Brasil. Às 11h, a presidenta Dilma Rousseff recebe, em cerimônia oficial no Palácio do Planalto, a presidenta Park Geun-hye.

Às 11h20, será realizada uma reunião privada entre as mandatárias, seguida de cerimônia de assinatura de atos, às 12h20; e de declaração à imprensa, às 12h30.

A partir das 13h, Dilma oferecerá um almoço em homenagem à presidenta Park Geun-hye, no Palácio Itamaraty.

*Agenda sujeita a alterações ao longo do dia. Para atualizações, acesse o Portal Planalto.

Quinta-feira, 23 de abril de 2015 às 20:34  

Presidenta Dilma vai visitar área atingida por tornado em Santa Catarina

A presidenta Dilma Rousseff deve visitar as cidades catarinenses de Ponte Serrada e Xanxerê, atingidas por um tornado na última segunda-feira (20). A informação foi dada pelo ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, após reunião com a presidenta nesta quinta-feira (23), no Palácio do Planalto.

“A presidenta está agendado uma ida. Nós estamos avaliando qual será a melhor data e ela já disse que irá, só não marcou o dia ainda. Estamos construindo essa agenda e esperamos que até amanhã nós tenhamos os primeiros levantamentos para a presidenta”, disse o ministro.

O tornado na região deixou mais de mil desabrigados, por isso o ministro levantou a possibilidade de recuperar ou reconstruir as moradias atingidas por meio do programa Minha Casa Minha Vida.

“Está sendo feito um levantamento de todas as moradias e imóveis comerciais atingidos para que haja um levantamento da necessidade de recuperação desses imóveis ou reconstrução das moradias por meio do Minha Casa Minha Vida. Estamos aguardando o material para que o Ministério da Integração possa reconhecer os danos, avaliar os valores que serão investidos para que a gente possa fazer o apoio do governo federal, junto com o governo do estado”, disse Occhi.

Segundo o ministro, todas as famílias atingidas já foram socorridas pelo governo de Santa Catarina e receberam do exército kits humanitários com cesta básica, agua potável, produtos de limpeza e higiene, colchões, lençóis e travesseiros.

Tweets

Instagram

Por e-mail

Receba os artigos do Blog do Planalto diariamente por e-mail preenchendo os campos abaixo:

Digite o seu e-mail:


Um e-mail de confirmação do FeedBurner&trade será enviado para você! Confirme no link que será enviado para o seu e-mail para receber os últimos artigos do Blog do Planalto.

-